top of page

Carlos Hollanda

Carlos Hollanda

Artista da galeria desde

abr.

2024

Residência: 

Rio de Janeiro - RJ

56

Idade:

(21) 99218-5428

Fone:

E-mail:

Instagram:

Biografia

Fui professor de desenho artístico e anatômico na Escola de Belas Artes da UFRJ, assim como.o professor de História da Arte, Teoria da Percepção, Teoria da Comunicação, Semiótica, Análise Estrutural da Forma na mesma instituição. No entanto, aprendi a desenhar e pintar autodidaticamente, por observação e pela paixão pelas ilustrações dos livros e graphic novel de diferentes países. Posteriormente observei mestres renascentistas, medievais, simbolistas, neoclássicos, românticos, impressionistas, expressionista e outras correntes que foram servindo de inspiração e referência para a construção de um estilo eclético. Procurei imprimir em minhas pinturas, desde o final da década de 2010, um pouco de cada etapa dessa trajetória. Sempre gostei de representar graficamente, até que adotei a pintura em papel, com aquarelas, o desenho com pastel seco, o carvão e o 6B, antes de mergulhar nas acrílicas e óleo. Desse percurso muito variado, cumprindo exigências de trabalho e necessidades de alunos, minha maneira de expressar artisticamente ganhou uma dinâmica que ora gera identificação com algo do repertório popular, ora gera estranhamento pela forte dinâmica, contrastes, intensidades e chamamento para o simbólico. Sou professor e apreciador de narrativas, especialmente mitológicas, de linguagens das matrizes culturais, do trânsito entre a escrita , a transmissão oral das tradições e crenças, a indústria cultural e a visualidade como linguagem. Ora observo e represento academicamente aquilo qur pode ser visto com os olhos físicos. Noutras ocasiões, represento o que vem à mente, desde sonhos, delírios, fantasias, visões de transes personificações de desejos e ilusões. O consciente e o inconsciente trabalham juntos em minhas obras, possivelmente pela imersão nas narrativas de fantasia, possivelmente pela predileção por temas psicológicos, mitos, antropologia, estados de espírito. Todos parte de minha trajetória enquanto pesquisador ou apreciador. Venho de família sem artistas ou sem oportunidades de desenvolvimento de talentos. Havia muitas dificuldades na infância e adolescência e as linguagens visuais junto às histórias narradas em livros ou artes sequenciais me foram cruciais para manter a cabeça relativamente no lugar. Desenvolvi uma paixão incomensurável pelas artes desde meus 10 anos de idade, quando comecei meus primeiros rabiscos dignos de nota pelos colegas de escola. Já trabalhei em produção de vídeos, legendagem de filmes, projetos de arquitetura em empresa de alimentação, fotografia de documentos, fui vocalista de bandas de rock, criador de passatempos para editoras. Tudo isso dos anos 1980 até 2004. Depois de formado em História, com monografia sobre Ângelo Agostini, continuei no meio acadêmico sempre pesquisando artes em publicações. Na EBA-UFRJ, fiz meu doutorado e fui professor.

Currículo

Afrodite Tropical, março-abril/2024, Exposição "#8M", Buenos Aires, Argentina, curadoria Marcos Ozán, Universo de Las Artes. * Bom Presságio, março-abril/2024 - Exposição Entre Gerações, Espaço NMO (Curadoria Norma Mieko Okamura), Niterói-RJ * Exposições pela Zagut (curadoria Isabela Simões e Augusto Herkenhoff) - O Caçador, junho/2023, Exposição EcoArtivismo RJ - O Alvorecer de Adônis, agosto-setembro/2023 (EcoArtivismo, Casa Funarte-Sp) - Rocket Man, outubro/2023, Exposição Musas, RJ - Vaticínio, dezembro/2023, Exposição Um Livro que eu Li, RJ - Afrodite Tropical, fevereiro-março/2024, Exposição Carnaval, Inclusão Social, RJ - Afrodite Tropical (2a. Expo), março-abril/2024, Exposição Sulear, Casa Funarte-Sp. * Pintura, na exposição Outubro Rosa, Universo Feminino, PUC-RJ, Casa de Medicina, outubro/2013 - curadoria Suzui Mattei * Fotografias na Artfair, em Nova Iorque, março/2013, pela Ava Galleria * Pinturas na casa da Guia, Cascais, Portugal, março 2013, pela Ava Galleria Doutor em Artes Visuais/Imagem e Cultura (EBA/UFRJ) com a tese “O Reencantamento do Mundo em Quadrinhos – uma analise de Promethea, de Alan Moore e J. H. Williams III” – tese ganhadora do Troféu HQMIX na categoria, (melhor de 2013). * Professor de Teoria da Informação e da Comunicação, Teoria da Percepção, História da Arte, Desenho Artístico e Desenho Anatômico (EBA/UFRJ – 2007/2009), * Mestre em História Comparada (IFCS/UFRJ) *Bacharel e prof. licenciado em História (UGF) * Editor da revista “História, imagem e narrativas” * Fotógrafo, pintor, ilustrador, quadrinista * Professor Convidado na PUC-RJ, pelo Núcleo de Arte Digital e Animação e pelo Projeto DSG 1003. * Professor do Instituto Europeu de Design – Semiótica e Análise de imagens

Obras Presenciais

Produção

Obras Disponivéis

Obras Vendidas

bottom of page